Como ocorre a Valorização de Imóveis Rurais?

No nosso conteúdo “O que você precisa saber para valorizar seu imóvel” abordamos, como um todo, o contexto do papel de imóveis no mercado e no PIB, porém o texto foi mais voltado a realidade da valorização de imóveis urbanos, agora optamos por trazer um texto especificamente sobre essa realidade de imóveis rurais.

Como estes bens são, no geral, utilizados para atividades agrárias e afins, os fatores que podem levar a valorização dos imóveis rurais, em sua grande maioria, estão relacionadas às facilidades e vantagens voltadas a esse setor econômico. Veja a seguir os principais fatores que podem levar a um aumento no valor agregado a estes:

Fertilidade do solo

Regiões onde a terra apresenta maiores índices de fertilidade, popularmente conhecidas como área de terra roxa, tendem a ter seu valor por hectare mais elevado.

Proximidade com a área urbana

Terras que são em cidades mais próximas de cidades mais urbanizadas, no geral, costumam ser mais caras por conta da abundância de consumidores nas redondezas e também pela possibilidade da propriedade se tornar loteamento urbano com a expansão das cidades.

Proximidade com polos tecnológicos

A maior presença de universidades, escolas técnicas e indústrias do setor agrário contribui muito para a valorização, pois com o grande fluxo de pesquisas ao redor as inovações de sucesso chegarão mais rapidamente nestas regiões.

Acessibilidade

Quanto menor a dificuldade do transporte de commodities da sua propriedade para os consumidores, mais valorizada esta é.

Topografia

O relevo e o histórico da terra podem dizer muito sobre quão apta está aquela área para o uso agrícola.

Infraestrutura

Áreas construídas e plantações já em andamento também podem influenciar na venda de um imóvel rural. Contudo, os fatores relacionados a localização e estrutura interna do imóvel e a situação econômica e política da região devem ser considerados, visto que este é um investimento de alto valor, o que requer certa “segurança” de que não haverá prejuízo. Também deve ser levada em conta a parte burocrática da documentação envolvida, como por exemplo o CAR. Veja também o nosso conteúdo sobre “Como o georreferenciamento pode te ajudar”. Caso tenha gostado do tema abordado deixe seu comentário e inscreva-se no nosso newsletter!

 9 Visualizações

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Abrir WhatsApp
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?