Inventário Florestal: da quantificação à qualificação florestal

Inventário Florestal é o procedimento onde possui uma finalidade na qual pode variar, podendo ser utilizado tanto para a produção focada para o manejo, ou até mesmo para a área ambiental em questões ligadas à restauração florestal. Com a utilização deste procedimento, pode-se obter informações sobre as características quantitativas e qualitativas da floresta e de muitas outras características das áreas sobre as quais a floresta está desenvolvendo (HUSH et al. 1993).

O quê pode-se obter a partir de um inventário florestal?

Na área de inventário florestal, podemos determinar ou estimar variáveis como peso basal, volume, qualidade do fuste, estado fitossanitário, classe de copa e potencial de crescimento da espécie florestal, e a partir de dados consegue-se determinar o potencial produtivo da floresta, mapear fatores bióticos e abióticos no qual influenciam na produção, além de determinar custos de produção e definir estratégias de manejo para uma produção sustentada. Tais dados são obtidos através de diversos tipos, podendo ser por censo, amostragem, tecnologias a laser, imagens de satélite, fotografias aéreas, entre outros.

Quais os objetivos de um inventário florestal (IF)?

Um IF pode ter um objetivo mais estratégico, com uma abordagem mais ampla auxiliando tanto o poder público na formulação de políticas públicas de conservação, desenvolvimento e o uso sustentável, quanto o setor privado, no qual auxilia no planejamento estratégico de uma empresa. Além de poderem ter um objetivo mais tático, ou seja, mais específicos atendendo às demandas técnicas-específicas de uma empresa ou governo

Quais as abrangências de um Inventário?

Inventário Florestal Nacional – Uma iniciativa do governo para buscar informações sobre as nossas árvores, florestal e nossas espécies, em âmbito nacional. Tendo assim, como objetivo em conhecer para assim poder conservar e traçar estratégias para o seu uso

Inventário Florestal Regional – No qual é realizado para se obter informações das árvores de um determinado estado ou região. Para que assim, possa se dar uma determinada base para o desenvolvimento de estratégias de uso ou de conservação ambiental.

Inventário Florestal de Áreas Restritas – Ele é o mais comum, onde ele é constituído pela maioria dos inventários realizados pelas empresas florestais. O Inventário Florestal de Áreas Restritas, na maioria das vezes, tem como objetivo determinar o potencial florestal para utilização imediata ou embasar a elaboração de planos de manejo.

Quais os tipos de inventários florestais para manejo florestal?

Inventários de sobrevivência – Mensurar o percentual de falhas/sobrevivência das mudas no campo, podendo definir assim a quantidade de mudas para o replantio

Inventários de qualidade- Realizado após um determinado tempo na qual as florestas foram implantadas. Avaliando assim, parâmetros relacionados à qualidade da silvicultura.

Inventário Contínuo – Realizado para se verificar as mudanças que ocorrem em crescimento, mortalidade, efeitos de intervenções na floresta 

Inventário Pré-corte – Realizado antes da colheita florestal, sendo importante para o planejamento no curto prazo todas as atividades da colheita florestal. Com ele pode-se obter com maior precisão o real produtivo e econômico da floresta e dados relacionados à logística. 

Inventário Pós-corte – No qual é realizado após a colheita florestal. Possui um objetivo de avaliar eventuais perdas de madeira de outros produtos florestais, além de mensurar a quantidade de resíduos florestais, avaliando assim, a qualidade da colheita.

Para quê fazer um inventário para Manejo Florestal?  

Com um inventário florestal podemos obter diversas informações, como a disponibilidade de madeira atual e futura de uma área, o valor tanto econômico de uma área para fiz de compra e venda de terras e de madeira quanto o de custo de produção de madeira em diferentes alternativas de manejo, além de ter uma avaliação e cálculo da exaustão florestal, auxilia na tomada de decisões sobre a aplicação de tratos silviculturais (controle de pragas, doenças, reforma, adubação…).

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Abrir WhatsApp
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?